sábado, 14 de janeiro de 2012

Dona Rute

Quando a gente ama demais alguém, as vezes fica difícil de explicar.
Conheci Dona Rute há aproximadamente um ano, mas o engraçado é que, quando entrei na Igreja Batista, eu não havia a conhecido. E quando fui louvar numa outra Igreja, tive o imenso prazer de conhecê-la. Junto com ela, estavam as filhas (que já conhecia). E desde esse dia, criei um carinho enorme por ela. Até brinquei com as filhas "vou pegá-la pra mim", mas elas aceitaram dividí-la comigo rsrsrs. 
Eh Dona Rute,a senhora realmente é um anjo, e o melhor de tudo é que tem uma alegria, que falta em muitos jovens. Tem uma determinação e perseverança para estar na presença do Senhor, que é lindo demais. Além de ser exemplo de um matrimônio duradouro e fiel (só não posso falar os anos de casada), mas é um tempo que podemos sentir a mão de Deus sobre este, e a atitude que ela tem de mulher sábia.
Receba essa homenagem, Dona Rute, de todo o meu coração, e com todo o meu carinho. E saiba que aprendi a te amar pelo que és. A senhora é linda demais, por dentro e por fora.
Grande beijo no seu coraçãozinho tão doce.