quarta-feira, 28 de setembro de 2011

domingo, 25 de setembro de 2011

Eh... casada!!!

Olá pessoal!!
Estou há um bom tempo dizendo em algumas postagens que teria uma surpresa para contar, mas como era surpresa não poderia revelar antes hehe. Mas, depois de divulgar as fotos, vocês já devem saber o que é né. Agora estou casada, e bem casadíssima. Me casei no dia 27/08/11 (sábado) com Hudson de Jesus. Fizemos o casamento civil, e nesta data foi o religioso. Estou completamente feliz, pois Deus abençoou demais as nossas vidas quando estávamos namorando, quando ainda estávamos noivos. Abençoou o nosso enlace matrimonial, e continua abençoando o nosso casamento. Estou muito realizada, pois Deus cumpriu mais uma promessa em minha vida. Eternamente grata a Ti, Senhor. Foi maravilhoso ver junto comigo e meu esposo compartilhando dessa alegria à minha família, à minha Igreja, meus amigos, meus padrinhos, e outros. Foi uma data marcada por Deus. Eu e meu esposo cantamos a música "Dia do nosso casamento" - Willian Nascimento e Betânia, e depois eu cantei a música "Tema de nós dois" - Michele Nascimento.
Depois de tudo isso foi só festa, e muuuuuuuuuitas fotos. Se quiserem ver as fotos, é só clicar nesse link:
http://cantoraandreaandrade.blogspot.com/2011/09/enlace-matrimonial-andrea-hudson.html



Beijão para todos!!

Igreja ou Instituição?

Doutrinas, Regras, Normas e Preceitos de homens, e o que mais tem prevalecido atualmente no mundo religioso? Mundo religioso? Sim, cheio de determinações vindas do ser humano. A palavra de Deus diz "Em vão, porém, me honram, Ensinando doutrinas que são mandamentos de homens" Marcos 7.7. Hoje, as Igrejas estão como instituições, onde as normas que são determinadas e exigidas devem ser cumpridas. Caso contrário, os membros/alunos serão suspensos, isto é, serão lançados no famoso "banco". A que resultados levam essas atitudes?
É uma forma de punir, e depois ficar "batendo na mesma tecla" julgando as pessoas. Quantas pessoas estão se afastando de Deus por achar/pensar que o que Ele (Deus) tem a oferecer é uma prisão, ou que deve satisfazer a Deus com sacrifícios. Eu lhe pergunto: é esse o Deus que você serve? Infelizmente o que ouvimos de muitas pessoas é que, se afastaram da presença do Senhor porque foram machucados no meio gospel. E o amor do povo evangélico se insere aonde? Enquanto muitas Igrejas estão preocupadas com doutrinas, almas estão morrendo, padecendo, precisando de uma palavra vinda de Deus. Você tem se prontificado a fazer isso? As vestimentas hoje, são para muitos, uma vida de santidade. Mas quem garante isso? 
Pensemos em algumas questões: você que está com uma saia até os pés, está com a vida santificada diante de DEUS? E você de terno e gravata está com a vida em santidade? As suas vestes tem sido o suficiente para mudar o seu coração? 
Infelizmente, as Igrejas que exigem e determinam demais regras, não estão trazendo IBOPE, pelo contrário, tem escandalizado o evangelho, pois muitos não conseguem permanecer nesse lugar, porque são julgados.
A palavra de Deus diz "Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei" Mateus 11.28, e o que nós temos feito por aquela pessoa que está cansada do mundo, de sua vida, de suas aflições, e outros? 
Quando Deus deseja que sejamos transformados, não quer dizer na roupa que usamos, e sim na nossa vida, como um testemunho na presença de Deus. De que adianta estar com uma roupa que o (a) cobre todo (a), e estar com o coração sujo, isto é, impuro. Ou ainda vestir uma roupa e proclamar ao mundo: eu sou evangélico (a), e nada faz para o nosso Deus. A Bíblia Sagrada relata que "Assim também a fé, se não tiver as obras, é morta em si mesma." Tiago 2.17, de que adianta ter fé, e não fazer obras? As obras são provas do seu amor a Cristo. Ele já provou o Seu imensurável amor por nós! E nós o que temos feito? 
É tempo de nos unirmos Igrejas, mas infelizmente o que está acontecendo são igrejas em disputas, mulheres se invejando, bandas e ministérios em competição, homens caindo em tentação... E a palavra de Deus fica aonde? Nós devemos e necessitamos propagar a palavra de Deus, tendo como intermédio o AMOR. As pessoas precisam se sentir acolhidas, e não excluídas. Deus quer que sejamos livres, pois o sacrifício Ele já pagou por nós. Em Gálatas 5.1 diz que "Para a liberdade foi que Cristo nos libertou. Permanecei, pois, firmes e não vos submetais, de novo, a jugo de escravidão", e mais, em Gálatas 5.4 diz que "De Cristo vos desligastes, vós que procurais justificar-vos na lei; da graça decaístes.", a graça de Deus não é manifesta sobre aquela pessoa que ainda está ligada na lei. Você prefere estar ligado na lei ou ter a graça de Deus sobre sua vida?
Chega de julgar os outros, de apontar, discriminar pelo que vestem, ou pelo que fazem. Olhe para a sua vida... A sua vida espiritual precisa ser alimentada pela graça do nosso Senhor Jesus Cristo.
Nós não somos escravos, e sim filhos do nosso Deus "De sorte que já não és escravo, porém filho; e, sendo filho, também herdeiro por Deus" Gálatas 4.7. Sirva a Deus com AMOR e LIBERDADE. Ele nos deu a sua GRAÇA infinita para que possamos Adorá-lo de toda a nossa alma, coração, mente e vida. 
Irmãos, o ÚNICO que pode e deve nos julgar é o nosso Deus (Ele tudo sabe e tudo vê). Portanto, vamos nos prontificar a fazer a vontade de Deus, conforme Sua palavra, ao invés de julgarmos o nosso próximo, vamos amá-lo, no sentido de ajudar também. 
Viva para Cristo amados, entendo que Ele se crucificou naquela cruz para que as leis fossem quebradas. Por isso, meus irmãos, amem a Deus, a si mesmo e também aos seus irmãos em Cristo (o seu próximo), pois isso fará um bem enorme não só para você, mas para aqueles que convivem com você, e principalmente para que sua vida espiritual seja transformada...
Que a paz de nosso Senhor Jesus Cristo reine sempre em sua vida, principalmente em seu coração.
Deus os abençoe!!

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Amor inexplicável

Estava pensando em algo muito interessante. Numa conversa com minha amiga, falei sobre uma coisa que a minha mãe sempre faz, como forma de proteção. Sempre quando estamos na cidade, e passam bastante carros, ela fica do meu lado, e quando vamos atravessar ela segura no meu braço (mesmo já sendo velha rsrsr), e se eu ameaçar a atravessar sozinha, ela me puxa.
Tem também aqueles avisos quando viajo em ônibus: "filha, vai no meio do ônibus", aquela preocupação de mãe. O mais engraçado é na adolescência quando a nossa mãe nos dá aquela triunfante alerta: "se comporta hein, ou vai direitinho, respeita fulano". Ou quando temos que ir ao médico, e a nossa mãe diz que vai conosco. Dentre as muitas proteções vindas de nossas mães, destaquei algumas, até porque haja mente pra lembrar de todas. Mas, o que me fez comentar sobre elas, foi a relação que vejo na proteção de Deus para conosco. Já parou para pensar?
Como será o amor de Deus para conosco?
Como sabemos que Ele está nos protegendo?
No meu modo de pensar, acredito que o nosso Deus zela por nós da mesma forma. Sabe por quê? Porque ele é PAI, e todo pai conhece seu filho, sabe quando ele está triste, quando está feliz, quando precisa de carinho, de colo, e outros.
Quantas vezes somos guardados pelo nosso Deus, e nem nos damos conta disso. Muitas das vezes, Deus me livrou, te livrou, nos livrou, de algum acidente, e pode ter sido em um dos dias que a nossa mãe não nos deixou sair para aquela desejável aventura, mas nós de teimosia queríamos ir. Ficamos chateados, mas Deus sabe o porque dEle não nos ter deixado ir.
As vezes choramos, sofremos, e não sabemos o que fazer, mas Deus sempre está nos guardando, olhando para nós, e de uma forma especial nos traz a consolação.
Por isso, que nós venhamos valorizar o amor de nossa mãe, nosso pai, e principalmente do nosso Deus, pois é por Ele que estamos vivos, e eu sou eternamente grata a Ele por esse imensurável amor...

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Oração do Pai Nosso

Portanto, orai vós deste modo: Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o teu nome; venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu; o pão nosso de cada dia nos dá hoje; e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós também temos perdoado aos nossos devedores; e não nos deixes entrar em tentação; mas livra-nos do mal. [Porque teu é o reino e o poder, e a glória, para sempre, Amém.] 
Mateus 6: 9-13

Eu considero essa oração muito forte e linda. E por isso nessa postagem venho falar da grande importância que devemos dar a essa oração ao liberá-la de nossa boca.
Eu tenho um amigo, que é pastor, que por sinal admiro muito, chamado Gilson de Oliveira. Um dia desses numa pregação, ele mencionou essa oração como o foco da palavra, dizendo que ao orarmos com essas palavras que são bíblicas, devemos pensar naquilo que estamos falando, pois ela realmente é muito forte, e com certeza séria.
Essa palavra realmente tocou no meu coração, pois muitas vezes, nós seres humanos, falamos e utilizamos palavras da Bíblia que nós mesmo não vivemos ou buscamos fazer. Vamos discutir alguns versos:
No verso "seja feita a tua vontade", será que nós estamos deixando a vontade de Deus prevalecer nas nossas vidas, ou é a nossa que prevalece? Quantas vezes queremos algo, e não esperamos a vontade de Deus, agindo por nossa própria conta... E depois ainda reclamamos com o nosso Deus, O culpando  do resultado. 
No verso"E perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós também temos perdoado aos nossos devedores", uma frase fácil de falar, mas difícil de se ver... Quantas vezes pedimos ao Senhor perdão, e queremos o seu perdão na hora, mas não olhamos em volta de nossa vida, quantas pessoas necessitam do nosso perdão, quantas pessoas necessitam viver com o nosso pedir perdão e com o nosso perdoar.
Ainda o verso "e não nos deixes entrar em tentação; mas livra-nos do mal", sendo que nós as vezes procuramos a tentação, uma tentação que refere-se ao pecado que já conhecemos, mas queremos permanecer nele.
É tão fácil exigir-mos no nosso Deus algo, sendo que nós mesmo nem sempre procuramos a mudança em nosso ser, na nossa vida. Deus com certeza nos quer felizes, mas também que saibamos ser humilde no momento de reconhecer que falhamos, que precisamos mais Buscá-lo, Adorá-lo mais, de todo o nosso coração, "em Espírito e em verdade".
Essa oração tornou-se mecânica em muitas Igrejas, no sentido de: "irmãos vamos começar com aquela oração que o Senhor ensinou aos seus discípulos", e é feita sem o mínimo de concentração sobre o que está sendo dito em cada palavra. Não são palavras para acrescentar numa oração, mas é uma oração de reflexão, se estamos realmente fazendo conforme o que dizemos, se é isso que queremos para a nossa vida.
Essa mensagem vem direto ao meu coração, eu a  recebo primeiro, antes de você, pois preciso entender o que Deus quer para a minha vida, e o que eu tenho pedido a Ele.
Que Deus abençoe a sua vida. Amém!!