sábado, 19 de fevereiro de 2011

Por Hudson Filho - Satisfação em amar

Olá, amigos leitores do blog da Andréa!
Estou feliz e orgulhoso das maravilhosas transformações que nosso Senhor Jesus tem manifestado dia a dia na vida dela, o amadurecimento e o discernimento e o desejo de conhecer ainda mais a Sua palavra.
Creio, no mais profundo da minha alma, que viver em abundância com a liberdade de Cristo é o maior dos bens que podemos conquistar, independente de qualquer coisa, e isso vejo se refletindo na sua vida e consequentemente no nosso relacionamento. Fico satisfeito de ver o ministério que o Senhor te concedeu, se expandindo nos corações e mentes dos nossos irmãos, e mais ainda por saber que você permanece na presença Dele, sendo grata em reconhecimento a Ele. 
Nossa convivência tem sido pra mim um grande aprendizado do quanto o verdadeiro amor prevalece frente todas as coisas que a vida traz, e que essas coisas na verdade são lições maravilhosas que temos oportunidade de viver.
Quero deixar registrado aqui, que amar com satisfação vai além das palavras, é uma questão de atitudes ao longo dessa vida, e tenho certeza que se somos felizes agora, ainda seremos muito mais, por todo o sempre!
Agradeço a Deus por sua vida, meu amor, e por nossa vida!

Ass.: Hudson de Jesus Candido Filho.
Obs.: continuem lendo o blog, que está maravilhoso e sempre atualizado, com temas muito bons !

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Ser músico

   Gostaria de lançar uma pergunta para você: o que é ser músico? Essa pegunta já está na enquete para você votar. Mas também pode responder essa postagem por comentários...
   Eh claro que, para eu fazer essa pergunta a você, é porque tenho a minha definição sobre o que é "ser músico", deixando claro a todos que esse é o meu pensamento, o que pode ser diferente de outros. Como cantora, tenho viajado a diversos lugares, onde tenho vivido várias experiências e presenciado várias coisas que tornaram-se interessantes para minha reflexão.
   O que mais se tem no mundo é música (no geral), e isso é maravilhoso; sentir a música, se envolver e se emocionar. Mas, a questão da música vai além da emoção, da vaidade, do eu, é mais do que tudo, a humildade, reconhecer, ou melhor, lembrar que somos seres humanos, e estamos sujeitos a falhas, mas além disso, não deixar o "ego" nos contaminar, pois se assim acontecer, estaremos olhando para os nossos próprios desejos e vontades, esquecendo a vontade de Deus e deixando de lado o nosso próximo, o que na verdade, não é nada bom para nós, seja para a nossa vida, seja para nossa vida espiritual.
   Para alguns, é fácil ser músico. Não é, afirmo isso, quem vive sabe. Aqueles que estão de fora nos vêem como se fossemos os "mais corretos", como se você não pudessemos errar, e se isso acontece, querem-nos atirar "pedras", isso não só com músicos, mas também com aqueles que são "populares". Com isso, é importante frizar que antes mesmo de sermos evangélicos (servos de Deus), somos seres humanos, o que pode ocasionar a várias situações, conforme supracitado, e também está escrito "Pois, se nós, que procuramos ser justificados em Cristo, nós mesmos também somos achados pecadores, é porventura Cristo ministro do pecado? De maneira nenhuma." (Gálatas 2.17). Não é Jesus que nos leva ao pecado (Ele foi e sempre será SANTO), e sim nossas próprias atitudes. Cabe lembrar também que, como cantores de Cristo e ministros do evangelho, temos que louvar a Deus, sendo sempre entoado aquilo que acreditamos, ou seja, aquilo que vivemos, conforme diz a música de João Alexandre, interpretado por Leonardo Gonçalves: "quero cantar o que vivo, quero viver o que canto". É simplesmente, cantar o que se vive, e não da "boca para fora". Pois não é cantar por cantar, mas louvar a Deus, com vontade, com desejo e expressão de sentimentos, conforme diz Ongaro, Silva e Ricci "A música quando bem trabalhada desenvolve o raciocínio, criatividade e outros dons e aptidões...". Eh isso, a música precisa ser bem trabalhada, ser bem usada, pois assim seremos capazes de ir além, até onde Deus permitir...

Praia

Depois da semana  de volta às aulas e trabalho, aproveitei meu domingo para ir à praia hehe, e com pessoas que realmente me trazem alegrias. Sábado à noite fui para casa de minha amiga, e fomos na rua para locar filmes. Só que um dos filmes era de terror uuhh, e foi o primeiro que eles começaram a ver.  Como não gosto, e também tenho medo, vou assumir rsrs, fui ler o livro "O Espírito Santo", que meu pastor me emprestou, que aliás, é um livro muito bom (estou gostanto muito!!). E depois de ler um pouco, bateu o sono (até porque já era tarde), e fui domir (como um anjinho rsrsr). Pela manhã, fizemos almoço, sobremesas e partimos para praia: eu, meu noivo, minha amiga e seu esposo, e a irmã de minha amiga. Foi uma diversão e tanta, você deve imaginar, não é?! Porque o cristão quando sai para lazer, aproveita! E temos que aproveitar mesmo, pois temos que desfrutar do que Deus nos deu e deixou para nós com alegria, até porque na palavra de Deus escrito está: "Servi ao SENHOR com alegria" (Salmos 100.2). Eh isso pessoal, fica aqui mais uma aventura de Andréa Andrade, e o melhor, com ilustrações rsr. Beijus

sábado, 12 de fevereiro de 2011

Gálatas 5

  1. Estai, pois, firmes na liberdade com que Cristo nos libertou, e não torneis a colocar-vos debaixo do jugo da servidão.
  2. Eis que eu, Paulo, vos digo que, se vos deixardes circuncidar, Cristo de nada vos aproveitará.
  3. E de novo protesto a todo o homem, que se deixa circuncidar, que está obrigado a guardar toda a lei.
  4. Separados estais de Cristo, vós os que vos justificais pela lei; da graça tendes caído.
  5. Porque nós pelo Espírito da fé aguardamos a esperança da justiça.
  6. Porque em Jesus Cristo nem a circuncisão nem a incircuncisão tem valor algum; mas sim a fé que opera pelo amor.
  7. Corríeis bem; quem vos impediu, para que não obedeçais à verdade?
  8. Esta persuasão não vem daquele que vos chamou.
  9. Um pouco de fermento leveda toda a massa.
  10. Confio de vós, no Senhor, que nenhuma outra coisa sentireis; mas aquele que vos inquieta, seja ele quem for, sofrerá a condenação.
  11. Eu, porém, irmãos, se prego ainda a circuncisão, por que sou, pois, perseguido? Logo o escândalo da cruz está aniquilado.
  12. Eu quereria que fossem cortados aqueles que vos andam inquietando.
  13. Porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade. Não useis então da liberdade para dar ocasião à carne, mas servi-vos uns aos outros pelo amor.
  14. Porque toda a lei se cumpre numa só palavra, nesta: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo.
  15. Se vós, porém, vos mordeis e devorais uns aos outros, vede não vos consumais também uns aos outros.
  16. Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne.
  17. Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes opõem-se um ao outro, para que não façais o que quereis.
  18. Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais debaixo da lei.
  19. Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia,
  20. Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias,
  21. Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus.
  22. Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança.
  23. Contra estas coisas não há lei.
  24. E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências.
  25. Se vivemos em Espírito, andemos também em Espírito.
  26. Não sejamos cobiçosos de vanglórias, irritando-nos uns aos outros, invejando-nos uns aos outros.

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Bíblia Sagrada

Este é um Livro, que FECHADO ou ABERTO, já fala conosco, pois é a PALAVRA de DEUS. E como leitora desta palavra sábia, digo que este é o único livro que você encontra TODAS as RESPOSTAS, e indico para qualquer um. É muito fácil para nós seres humanos, abrirmos uma revista, ver uma novela, mexer na internet (facebook, orkut, msn, entre outras), mas é difícil para muitos se comprometerem com a Bíblia, a palavra viva, verdadeira e edificante. Quantas vezes nos sobra um tempinho para lermos a palavra de Deus, e nem vem a nossa mente para abrirmos a Bíblia, e meditarmos nem que seja por alguns minutinhos; então procuramos fazer alguma coisa para passar o tempo, pensamos em ligar para alguém, mandar mensagem, ir na casa do amigo, mexer na internet (conforme supracitado), namorar, entre outras. Isso é bom? Sim, claro. Mas, o que quero dizer com isso, é que mesmo estando no momento "ócio" (sem nada para fazer), não passa pela nossa cabeça de lermos a palavra de Deus. Quantas vezes, a nossa leitura é ministerial; chegamos a Igreja, louvamos, e no momento da pregação, aí sim fazemos a leitura. Após chegar em casa, nem se quer olhamos para ver se pode  ser acrescentado algo a mais sobre a palavra do pastor, se o que Ele falou é verídico na Bíblia (o que pode acontecer), ou se encontro mais referências sobre aquele capítulo lido. Sendo assim, como nossa vida espiritual fica? Ler a Bíblia não é edificante? A vida espiritual torna-se frustada, sem que o próprio ser humano perceba. Você já sentiu um vazio, este que você não conseguia discernir o que é? Eu já. Quem sabe esse vazio não é falta da palavra de Deus, de ler a Bíblia, e buscar consolo na voz de Deus?! Para mim, ler a Bíblia é prazeroso, edificante, me transmite paz, me traz conhecimentos de histórias lindas que posso relacionar com o hoje, e vivo experiências que você nem imagina, pois me envolvo completamente, como se estivesse naquela época. A Bíblia Sagrada é a resposta para todas as aflições, dúvidas, angústias, tristezas, alegrias, ansiedade, mansidão, compaixão, misericórdia, amor, entre outras. Portanto, seja qual situação que passarmos, podemos encontrar refúgio na palavra de Deus.
Espero que de alguma forma eu possa estar te ajudando, pois meu objetivo é que VOCÊ seja transformado pela santa e poderosa voz de Deus (a Bíblia), e que o Espírito Santo toque em seu coraçãozinho. Deixarei então, alguns versículos para sua meditação:
  1. Lava-me completamente da minha iniqüidade, e purifica-me do meu pecado. (Salmos 51.2)
  2. Eis que amas a verdade no íntimo, e no oculto me fazes conhecer a sabedoria. (Salmos 51.6)
  3. Bem-aventurado o homem que suporta a tentação; porque, quando for provado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor tem prometido aos que o amam. (Tiago 1.12)
  4. Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós. (Tiago 4.7)
  5. Porque, assim como o corpo sem o espírito está morto, assim também a fé sem obras é morta. (Tiago 2.26)
  6. Tu, pois, meu filho, fortifica-te na graça que há em Cristo Jesus. (2 Timóteo 2.1)
  7. Não julgueis, para que não sejais julgados. (Mateus 7.1)
  8. Porque, aquele que pede, recebe; e, o que busca, encontra; e, ao que bate, abrir-se-lhe-á. (Mateus 7.8)
  9. Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito. (Romanos 8.1)
  10.  Jesus Cristo é o mesmo, ontem, e hoje, e eternamente. (Hebreus 13.8)

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Monografia x Música


     Além da carreira de cantora, estudo numa Faculdade (Ensino Superior), o curso de Pedagogia, na qual sou apaixonada pelo que vejo, compartilho e aprendo. Amo estudar (apesar da vida cansativa que levo rsrs), pois cada dia obtenho um novo conhecimento, vivo novas experiências, e conheço novas pessoas, o que me permite ter novas visões. Como todo curso superior, temos que fazer uma monografia, e estou com o meu projeto pronto, mas não a monografia em si (tenho que "ralar" muito ainda). Este começo de ano estou começando o 5° período, e sei que será mais uma luta para enfrentar... Provas, trabalhos, seminários, e trabalhar mais a monografia uhuh. O assunto da minha monografia é sobre música, e por isso pensei em compartilhar com vocês, pois música é minha paixão, e além da música, envolve a criança também (a razão pela qual estudo pedagogia rsrs). Então, juntando dois assuntos interessantes que gosto, e tenho um pouco de conhecimento, resolvi dar o seguinte tema " A música e o desenvolvimento da criança na Educação Infantil", onde o foco (a justificativa) é mostrar que a música é fundamental no desenvolvimento da criança, tanto em casa, como na escola, pois esta a partir do momento que se envolve com a música se expressa melhor e se relaciona melhor com os outros. Estou gostando muito do conteúdo, mas não tenho muito a dizer, pois a monografia ainda não está pronta (ainda falta um ano e meio... meu Deus). Tenho certeza que essa monografia será útil para mim, podendo ajudar-me e ajudar a outras pessoas que tem o mesmo interesse por esse tema. 
     Um dos autores que cito no meu projeto, e futuramente em minha monografia é Chizuko, onde esta mostra algumas formas que o educador pode trabalhar a música com as crianças, sempre presentes nas atividades com auxílio do professor. São estas: 

     • Desenvolver projetos de trabalho de acordo com o interesse e a necessidade dos (as) alunos (as) – este é o objetivo das sugestões de atividades ao final de cada música;
     • Criar, juntamente com as crianças, as coreografias;
     • Estimular a criança o saber escolher: “Qual a música que vamos cantar?...”;
     • Elogiar as crianças quando houver necessidade e estimulá-las.
Exemplo: “Vocês cantam muito bem! Vocês estão cada dia melhor!”;
    • Realizar atividades compatíveis com o nível de desenvolvimento da turma e com o objetivo bem definido;
     O importante dessa monografia é que o educadores saibam como trabalhar a música, não como mera diversão, mas como um instrumento capaz de trabalhar a capacidade intelectual da criança. Chizuko ainda diz que “a educação musical é um importante mediador do desenvolvimento da criança nas suas habilidades físicas, mentais, verbais, sociais e emocionais”. Portanto, não tem como negar que a música está sempre presente em nossas vidas, e melhor ainda quando manifestada desde a infância.
   Espero em breve, contar mais sobre essa experiência, e se possível, quando estiver concluída a monografia, postar para vocês!!

Intimidade com Deus

     Nasci no berço evangélico, o que não quer dizer que conheço mais do que outros, ou que tenho que ser perfeita (o que na verdade é impossível para qualquer ser humano). E desde criança, independente de meus pais serem evangélicos ou não, eu acreditava, ainda acredito, e sempre vou ACREDITAR EM DEUS. O objetivo dessa postagem é falar um pouco sobre minha intimidade com Deus, na qual sempre procuro deixar Deus ciente sobre tudo que acontece comigo, mesmo sabendo que Ele vê e sonda a minha vida.
     Eu tenho uma relação muito íntima com Deus, onde sempre em minhas orações abro meu coração para Ele, deixo claro o que estou sentindo, se estou bem ou não, entre outras. Mas além disso, sempre falo com ele em conversas, como podemos muitas vezes fazer com os nossos amigos, sabe? E ao desabafar com Ele, sinto que me ouve, e talvez você pense assim: mas e Deus, o que vai nos responder, quando apresentarmos dúvida? O que Deus vai responder, eu sinceramente não sei, mas pra onde Ele vai nos Levar, eu tenho certeza que sei, pois quando falamos com Deus, estamos pedindo pra Ele agir, e não nós agirmos, e assim vamos para o caminho certo, para as decisões certas, sendo guiados por Deus.
     As vezes ficamos tão abalados com algo em nossa vida, e por isso sofremos. Nessas horas que procuramos por amigos, e muitas vezes não os encontramos, mas Deus fica nos olhando, esperando por nós, para que O chamemos para conversar, e nós inconscientemente ficamos sofrendo sozinho, por achar que tudo está perdido, e que os amigos desapareceram. Digo nós, pois somos falhos, sujeitos a pecar. Mas, Deus por conhecer que somos humanos e cometemos erros , nos perdoa, pois Ele chama "o pecador ao arrependimento". Minha vida com Deus é super SAUDÁVEL, pois O tenho como melhor amigo, Pai, Conselheiro, entre outras que não caberiam aqui. Não tenho medo em dize-LO que errei, ou que estou confusa, ou que estou arrependida, pois Ele já me conhece (amigo conhece amigo), e sabe que posso cair, como qualquer ser humano, mas tenho coragem de abrir meu coração, e humilhar-me em Sua presença. É muito bom desabafar com Deus (AMIGO FIEL), independente da situação que passamos. Com certeza, ao abrirmos nosso coração para Ele, depositando nossa total confiança, alegrará fortemente o coração de Deus.O meu amor por Deus é além do TUDO, é tão imensurável, que nem eu sei explicar, mas que me deixa feliz, livre e humana. 
     Isso é apenas um trecho de minha vida com Deus, e agora vou parar por aqui, se não vou longe rsrsr. E te convido a ter intimidade com Deus, a se aproximar mais dEle, declarar seu amor por Ele. Com certeza, essa experiência será tão boa quanto a minha, e te garanto que não vai se arrepender.
     DEUS ESPERA POR VOCÊ!!!